CURSO:

"Saúde Mental na Escola"

Entendemos que a qualidade da saúde mental é de suma importância para aprendizagem dos alunos. Contudo, nem sempre é fácil identificar e manejar os problemas decorrentes dessa temática.

Desta forma, o curso "Saúde Mental na Escola" do CINC, tem o objetivo de capacitar coordenadores e professores de escolas do ensino fundamental e médio para lidar com dificuldades na comunidade escolar.

Público Alvo: Coordenadores e Professores do ensino fundamental e ensino médio. Encontros aos sábados.

PROGRAMAÇÃO

Workshop 1 - Regras e limites: papel da escola e da família

Propõe-se abordar a temática relacionada a regras e limites impostos pela família e escola, de maneira que a família possa exercer sua autoridade em casa e o professor em sala de aula, favorecendo o ensino e aprendizagem. Entende-se, com isso, que essas dificuldades possam atrapalhar a relação entre família e escola, havendo distanciamento e não permitindo que não haja um consenso da responsabilidade mútua na educação do aluno. Desta forma, é necessário contemplar, neste encontro, o valor da parceria entre escola e família para os professores saberem lidar com uma hierarquia educativa onde a família vem em primeiro lugar e a escola em segundo na aplicação de regras e limites que facilite o processo de aprendizagem.

Workshop 2 - Saúde Mental dos Professores: Cuidando de quem cuida

Pretende-se, neste encontro, abordar sobre a saúde mental dos professores para desenvolver estratégias de identificação e manejo de sintomas de estresse, ansiedade e depressão e aplicar cuidados à comunicação. Com isso, será discutido como a cobrança da família e da própria escola afeta a saúde dos professores ao coloca-los no papel de educador, abordar como lidar com os sentimentos negativos decorrentes do alto nível de cobrança interna ou externa, como lidar e identificar a síndrome de burnout, como desenvolver habilidades efetivas para comunicação (verbal e não-verbal) e quais cuidados tomar com a saúde vocal.

Workshop 3 - Bullying, Depressão, automutilação e suicídio: como lidar com essa realidade?

O número de crianças e adolescentes com diagnóstico de depressão tem aumentado nos últimos anos. Na escola esses sintomas podem ser evidenciados através de baixa frequência escolar, dificuldades de aprendizagem , comportamentos de automutilação e relatos de pensamentos suicidas. Como lidar com esses sintomas na escola? Quando situações de bullying podem estar associadas? Esse encontro propõe discutir as temáticas acima destacadas envolvendo, principalmente, soluções para os desafios presentes no dia a dia vivenciados pelos alunos, professores e coordenadores. Serão apresentadas estratégias de identificação e manejo dos conflitos que surgem em contexto escolar, envolvendo inclusive orientações profissionais para utilização em situações de risco. O sofrimento relacionado às situações relatas acima justificam a necessidade de discussão e de um melhor preparo da equipe para a abordagem de temas relacionados à depressão em ambiente escolar.

 

Workshop  4 - Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade na escola: Mitos, verdades e melhores intervenções.

O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) é um dos transtornos mais prevalentes na infância caracterizado por sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade. Nos últimos anos esse diagnóstico tem sido tema de diversas discussões e debates influenciados por fatores como o sensacionalismo da mídia, informações pouco consistentes, além de interesses individuais e de grupos. Infelizmente, ainda falta um consenso sobre esse transtorno. Esse encontro visa debater o que é o TDAH e como pode se apresentar. Discutiremos também outros transtornos que podem gerar confusão e como maneja-los no ambiente escolar, alternativas terapêuticas farmacológicas e não farmacológicas e o papel da escola e professores e estratégias que podem ser empregadas em casa e na escola.

Workshop 5 - Alunos com estresse e ansiedade: Mindfulness e técnicas de regulação emocional

Essa sessão tem como objetivo realizar psicoeducação com os professores para proporcionar maior compreensão a respeito do estresse e ansiedade em crianças e adolescentes. Para isso, será abordado aspectos cognitivos e comportamentais, à luz da Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC), que os alunos possam apresentar quando estressados e ansiosos, apontar a prevalência dessas dificuldades na escola, discriminar as diferenças entre ansiedade e estresse patológico e momentâneo, e demonstrar técnicas de manejo. Para lidar com possíveis dificuldades será articulado conceitos e técnicas de mindfulness para desenvolvimento de empatia, aceitação, compaixão consigo e com os outros e percepção corporal, possibilitando subsídios para regulação emocional.

Workshop 6 - Uso de tecnologias por alunos e os seus desafios

O presente encontro tem como objetivo discutir sobre a relação dos alunos com a tecnologia e como os professores lidam com as dificuldades decorrentes do uso exacerbado de celular, jogos, computador, etc. Tal discussão é necessária para identificar e manejar situações que possam estar comprometendo as atividades da vida cotidiana, interação social, aprendizagem do aluno. Para essa identificação será abordado questões como cyberbulling, vício em jogos e outras tecnologias e uso indiscriminado de recursos financeiros para manutenção dessas tecnologias.

Workshop 7 - Sexualidade e identidade de gênero na escola: o que professores precisam saber, mas não tem coragem de perguntar?

O debate sobre sexualidade está presente nos meios de comunicação, nas discussões sociais, nas expressões artísticas e relacionamentos familiares. Entretanto, a abordagem dessas questões é permeada por tabus, preconceito e um discurso subliminar, revelando percepções, que irão permear a educação da criança, dos pais e dos educadores. Como lidar com alunos com problemas relacionados a identificação com o gênero? Como abordar educação sexual na escola e relacionamentos no ambiente escolar? Como orientar pais e alunos? Discutiremos estes aspectos neste Workshop.

Workshop 8 - Drogas na escola: o que saber e como lidar?Fechamento do curso

 

As primeiras experiências com drogas ocorrem frequentemente na adolescência. Nessa fase, o indivíduo é particularmente vulnerável do ponto de vista biológico, psicológico e social. Como a escola se posiciona diante desta difícil realidade? Como trabalhar estratégias de prevenção, psicoeducação de professores e alunos, além de questionamentos sobre os limites da escola quanto a esta problemática serão abordados neste Workshop.

Período e horários:

Aos sábados pela manhã 8-12h.

Primeira parte expositiva e segunda parte prática.

Participantes: 8-15 pessoas.

Datas de previsão - PRIMEIRO SEMESTRE DE 2020.

Participante terá que assistir, pelo menos, 75% das aulas para receber certificado que será de 40 horas.

Realize sua
PRÉ- INSCRIÇÃO
abaixo!
Endereço

Avenida Dom Luís
Nº 609, sobreloja, Bairro: Meireles

Fortaleza - Ceará

Encontre-nos

Telefone: (85) 32440744

Email: centrointegradocinc@gmail.com

CINc-LOGO_2a_assinatura_horiz-site.png